" CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ "

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

TOTEM


Origem: Wikipédia.
Totem (em Portugal, também tóteme) é qualquer objetoanimal ou planta que seja cultuado como deus ou equivalente por uma sociedade organizada em torno de um símbolo ou por umareligião, a qual é denominada totemismo. Por definição religiosa podemos afirmar que é uma etiqueta coletiva tribal, que tem um caráter religioso. É em relação a ele que as coisas são classificadas em sagradas ou profanas. Segundo Schoolcraft, analisando os termos dos totens tribais da América do Norte, "o totem, diz ele, é na verdade um desenho que corresponde aos emblemas heráldicos das nações civilizadas e que cada pessoa é autorizada a portar como prova da identidade da família à qual pertence. É o que demonstra a etimologia verdadeira da palavra, derivada de 'dodaim', que significa aldeia ou residência de um grupo familiar".

[editar]Características

Totem é uma palavra dos indios, designa simplesmente o “Brasão” ou as “Armas” que a família o traz. O “Brasão” era pintado ou cravado na maioria dos objetos usados pelo proprietário.
As famílias dos indios americanos mandavam esculpir os seus Totens, quando podiam. Geralmente, eram altos pilares ou postes de cedro admiravelmente trabalhados. O “Brasão” ficava no elmo e em geral era um animal selvagem, ave ou peixe.
Os índios tinham-no como talismã e acreditavam que velava por eles e os protegia


O Totem:

 A espiritualidade dos nativos norte americanos





Quando visualizamos a cultura norte americana antiga
 é difícil não ficar intrigado com os mastros de madeira
 esculpida que eles fizeram, nessas esculturas é possível
 encontrar diversos animais e formas que se conectam
 ao nosso subjetivo e nos fazem imaginar possíveis explicações
 para todos eles. Estes mastros são como os brasões das
 famílias portugueses são marcas individuais ou coletivas
 de pessoas, famílias e clãs que revelam muito sobre 
a identidade espiritual dos nativos.

A palavra “totem” tem origem na tribo Algonquina
 e deriva da palavra “OTOTEMAN” que significa guardião
 pessoal, ou seja, o totem é o símbolo daquilo que protege a
 pessoa como um “anjo da guarda” em nossa cultura, para os
 xamãs o totem pode ser invocado em um momento de precisão
 ou então este espirito pode possuir a pessoa fazendo com
 que ela se transforme mentalmente ou até mesmo fisicamente.
 Está crença de transmutação animal é muito forte no nativo
 norte
 americano devido a ligação deste com a natureza, logo é
 frequente lendas e relatos sobre animais que ajudam
 os índios ou índios que se transformam em animais
 para enfrentar uma situação de risco.

Assim como os signos os totens são definidos pela
 data de nascimento, mas outras culturas optam
 por métodos diferentes, no caso norte americano
 na passagem que as crianças fazem para 
adolescência é que o mastro-totem é construído
 e ele simboliza o início de uma proteção na vida
 perigosa que está por vir que é a idade adulta.
 No entanto existem muitas particularidades que
 divergem de acordo com a ocasião, mas sempre
 seguindo o principio de proteção e auxilio nas dificuldades





O Mastro-Totem possui uma ordem vertical que
 representa a família de animais e plantas que a 
pessoa está conectada, na parte superior fica a forma
 de vida que está mais próxima a ela e por isto é o
 guardião principal, mas  como existem muitas situações
 de risco outros animais ficam abaixo do principal e podem
 ser utilizados para funções que forem mais adequadas
 a suas habilidades. Está cultura é repleta de mistérios e
 possui uma ligação harmônica com a natureza que
 demostra o verdadeiro espírito do nativo norte americano,
 algo que infelizmente esta ausente nos dias atuais.  
  (Jonatan Tostes).

                                                                                                                                                           

Um comentário:

  1. Que lindo! Gostoso de ler, científico e sintético! Muito bom.

    ResponderExcluir